Blog Ladeira Bijuterias

Dicas para vender mais

Dicas para vender mais

27/07/2018 00h00 | BY Admin Ladeira Bijuterias
0 701

Dicas para vender bijuterias

Todo negócio exige dedicação, determinação e cuidados específicos que variam de acordo com a área de atuação do empreendedor, que também podem determinar os objetivos que cada um almeja alcançar. 

Vender bijuterias pode ser um negócio bastante lucrativo e que cabe dentro do tempo de cada um, mas ainda assim necessita de alguns cuidados particulares.  

Analise as finanças 

Como em qualquer negócio, a venda de bijuterias exige foco para se evitar gastos desnecessários. Contudo, como os preços dos produtos que serão revendidos costuma ser baixos, comprar vários produtos e ainda achar que está fazendo economia pode ser um péssimo hábito, além de trazer prejuízos financeiros bastante sérios.  

O ideal é pesquisar, saber qual fornecedor vai de dar o melhor preço e também saber qual o item mais procurado. Claro que esse tipo de informação é difícil de saber quando os negócios estão começando, por isso no início o ideal é estar preparado para vender um pouco de cada tipo de bijuteria, nunca demais e nem de menos.  

Estabeleça também uma tabela de preços baseada nos valores que cada peça custou. Em média é possível cobrar de duas vezes o preço original do produto, mas é interessante não se cobrar altos preços, pois é justamente o custo benefício que faz com que muitos optem por bijuterias ao invés de joias e semijoias. É importante ter em mente que o lucro não virá pelo alto preços das peças, mas sim pela quantidade de peças vendidas. 

Comprar material para criação de peças para revenda pode ser uma ótima opção para economizar, já que esses materiais custam mais barato do que as peças prontas. E criar as suas próprias bijuterias pode fazer com que todo o seu catálogo de produtos seja exclusivo e variado. Entretanto, apesar de atrair o público com peças únicas, criar seus próprios produtos pode ser bastante trabalhoso, mesmo que muitas pessoas considere a criação de bijuterias como um hobby.   

Reúna as amigas 

A maior vantagem de se vender bijuterias é não precisar de uma loja física, pois é o comerciante que vai até o cliente. Contudo, no início dos negócios, é importante saber para quem vender. O ideal é começar com as pessoas mais próximas. No início, essas pessoas podem comprar as peças apenas como forma de ajudar, mas uma vez que eles sentirem confiança no negócio, serão clientes fiéis.  

Uma boa ideia para conquistar os clientes é fazer uma pequena reunião, com um chá da tarde, onde você aproveitaria para vender ou simplesmente divulgar os seus produtos. 

Utilize as mídias sociais 

Facebook, Instagram e Whatsapp são excelentes formas de divulgar os produtos sem pagar nada, pois graças às possibilidades das curtidas e compartilhamentos, os produtos podem ser visualizados por inúmeras pessoas que podem tirar qualquer dúvida de imediato, tudo isso sem qualquer custo a mais. 

Contudo, as pessoas podem ficar desmotivadas a comprar caso tenham suas mídias sociais bombardeadas de imagens e informações sobre os seus produtos, seja em publicações físicas ou em temporárias, pois ninguém gosta de ser pressionado ou coagido a comprar algo. Por isso o ideal é não postar todas as peças do seu catálogo. Poste uma foto por vez, com o preço em evidência e algumas informações sobre o produto também.  

Outra ótima forma de divulgar suas peças nas mídias sociais é utilizar “modelos”. Peça para alguém que tenha comprado algum produto que poste uma foto usando, ou mesmo que deixe você tirar e divulgar na sua própria rede. É evidente que na hora de escolher alguém para ser modelo, o ideal é sempre usar uma pessoa de boa aparência, de forma a chamar mais atenção.  

Se as mídias sociais contribuírem muito as vendas, pode-se considerar a possibilidade de se investir em uma loja virtual.  

Amplie um negócio 

Vender bijuterias pode ser o primeiro passo para um grande negócio, pois quando se estabelece uma clientela definitiva, é possível vender também outros produtos, como bolsas, sapatos, lenços, cintos, lingerie, cosméticos e cachecóis. Estes são acessórios que podem ser vendidos de forma a complementar looks juntamente com as bijuterias.  

Para quem opta por montar as próprias bijuterias, uma possibilidade é customizar os produtos com os materiais das bijuterias, como rasteirinhas decoradas. Isso pode deixar o seu catalogo ainda mais exclusivo.   

Compre diretamente com o fornecedor  

Não adianta saber vender, ter possíveis clientes fiéis e estratégias de divulgação na internet, se não tiver um bom fornecedor de peças prontas ou de materiais. 

O ideal é encontrar um fornecedor confiável, que possa vender os produtos de qualidade e principalmente por um preço justo, pois só existe lucro, quando os gastos são mínimos. Para mesclar o preço justo com a qualidade, é recomendável comprar os produtos diretamente com o fabricante ou entrar em contanto com um fabricante que faça isso.  

Outra dica é optar pela compra de produtos no atacado, principalmente se você for montar as próprias peças. O preço baixo pela grande quantidade de materiais compensa quando se produz uma grande quantidade de peças.  

Apesar de existirem muitas lojas e fábricas especializados em materiais de bijuteria, é mais viável comprar pela internet, pois a taxa de frete, quando é cobrada, pode ser menor e bem menos estressante que uma locomoção até uma loja física.  

Não basta apenas conhecer os preços e os produtos, pois muitas vezes o diferencial na escolha de um fornecedor pode se dar também pela forma de pagamento que o vendedor aceita. Considere as formas de pagamento que sejam mais fáceis para o seu bolso.  

Para mais dicas e curiosidades sobre bijuterias e outras peças, fique atento ao nosso blog 

Receba novidades e Promoções