Blog Ladeira Bijuterias

A harmonia das cores

A harmonia das cores

24/09/2018 11h00 | BY Admin Ladeira Bijuterias
0 1950

O cérebro humano, assim como o da maioria dos animais, pode absorver informações e processá-las de forma que o indivíduo, involuntariamente, considere tal informação de uma maneira ilógica. Como por exemplo, o medo irracional que muitas pessoas sentem por coisas inofensivas, como a ictiofobia (medo de peixes), por exemplo.

As cores são um exemplo interessante de como o nosso cérebro pode interpretar estímulos puramente visuais e processá-los como novas informações.
Cores mais quentes, como o vermelho e o amarelo, podem passar uma sensação de dinamismo, estímulo, alerta ou de perigo, como algo que merece atenção. Cores mais frias, como o azul e o verde, transmitem uma sensação de paz, suavidade e calma.

A forma como o cérebro interpreta as cores, não pode ser melhor exemplificado do que no funcionamento de um semáforo, onde a cor mais quente (vermelho), serve para parar, enquanto que a cor fria (verde), nos avisa que o caminho está livre.
Existem também as construções sociais, que determinaram a associação que hoje temos de certas cores com alguns segmentos, como o rosa e outras cores em tons pastéis, que são associados à delicadeza e feminilidade, enquanto que cores mais escuras, ou em tons mais fortes, são associados com masculinidade, grandeza e virtude.
Um estudo mais profundo nas cores é fundamental para se transmitir uma mensagem, seja na indústria da propaganda, do entretenimento, da decoração ou mesmo no dia a dia de uma pessoa que busca um estilo visualmente mais harmonioso.

Para ajudar com isso, selecionamos algumas dicas de roupas, joias e bijuterias, baseada na harmonia das cores no círculo cromático, que é uma representação gráfica usada para ilustrar de forma simples todas as cores percebidas pelo olho humano, através de 12 divisões, sendo três para cores primárias (vermelho, amarelo e azul), três para cores secundárias (laranja, verde e violeta) e 12 para cores terciárias, que são as variações das outras cores, como rosa, o roxo, o azul escuro e o verde claro.




Entendo e analisando o círculo cromático, é possível se harmonizar e organizar as cores de qualquer tipo de criação, seja um desenho artístico, a decoração de um ambiente ou look.


Cores quentes:


As cores quentes são formadas pelo vermelho, amarelo, laranja (mistura do vermelho e amarelo) e o rosa (vermelho com um pouco de azul). Apesar de parecer uma carência de cores disponíveis, quando consideramos as dezenas de tonalidades de cada cor, temos uma vasta gama de possibilidades.
As cores quentes costumam chamar mais atenção, fazendo dela uma ótima opção para quem almeja um look que se destaque mais.
Quando observamos o círculo cromático, notamos que as cores são organizadas de forma crescente de tonalidades, ou seja, a cor do lado nunca parece muito diferente. A cor laranja, por exemplo, é completamente diferente da cor rosa, porém, o vermelho é próximo de ambas as cores, ou seja, um look formado por vermelho, rosa e laranja, não fica estranho aos olhos.
Outra estratégia é brincar com as diferentes cores, mas de forma que mais discreta, como por exemplo fazendo uso de cores quentes, porém distantes uma da outra, como o amarelo e o rosa, que são cores quentes, porém não estão lado a lado dentro do círculo. Nessa situação, pode se escolher uma das cores para ser a principal do look e uma outra cor para servir aos sapatos ou aos acessórios. Imagine um casaco rosa, com brincos e sapatos amarelos.


Cores frias:


As cores frias são compostas pelas variações de azul, verde e roxo, e assim como as cores quentes, as frias são bastante variadas, possibilitando uma dezena de possibilidades de combinação.
Cores frias remetem ao sentimento de elegância e sofisticação, e dependendo do tom das cores, o look pode ficar discreto.
A dica é a mesma do uso das cores frias é a mesma para as cores quentes, causando o mesmo efeito. Cores frias próximas ao círculo, como o azul e o roxo.
Contudo, as cores frias se beneficiam muito mais da mistura de cores distintas dentro do círculo, pois o impacto de contraste acaba sendo mais impactante e elegante em cores frias.
Uma ótima dica é usar o roxo como cor principal e os acessórios em verde, ou então a peça principal do look em verde e os detalhes em azul.


Cores análogas:


São aquelas que ficam do lado umas das outras dentro do círculo cromático, independentemente de serem quentes ou frias.
Como o círculo posiciona as cores de forma coordenada, a cor que parece muito diferente da cor ao lado. Dando um sentimento de sobreposição ao look.
Quando a peça principal do tom é azul, os acessórios podem ser verde azulado ou lilás, por exemplo. Vermelho, laranja e rosa também pode ser usado em um look análogo mais chamativo.




Cores complementares:




São o contrário das cores análogas, pois são aquelas posicionada no lado contrário do círculo, ou seja, não tem nada relacionadas com uma com a outra, causando um enorme contraste quando colocadas lada a lado, como acontece com o verde e o vermelho, ou o azul e o laranja.
A cor não precisa necessariamente no sentido contrário, mas pode estar do outro lado, como o amarelo e o rosa.
Usando as cores complementares, é possível se usar cores quentes e frias ao mesmo tempo, como por exemplo usando peça laranja e uma joia azul. O laranja e o azul são o melhor exemplo de combinação complementar que consegue transmitir uma sensação de elegância e estilo ao mesmo tempo.


 Entendendo como as cores podem se complementar, fica mais fácil montar um look estiloso e fazendo um bom uso das joias e bijuterias.


 Para mais dicas como essas, acesse o blog Ladeira, onde você confere outras dicas de moda, tendências, joias e bijuterias.

Receba novidades e Promoções